domingo, 10 de dezembro de 2017

ESPIRITISMO - METEMPSICOSE E VIDAS PASSADAS


Memórias da Alma, uma Vida em Atlântida
Posted by Thoth3126 on 05/12/2017

UMA VIDA EM ATLÂNTIDA

O piso é ladrilhado de arenito. Um grande cristal está dentro de uma cúpula sobre um pedestal preto que domina a sala. É utilizado para dinamizar e energizar a cidade. 
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch
Lembranças e memórias da alma, por Ingrid Bennett, com a graça e ajuda de seus guias em espírito, Nuvem Branca e Águia Branca.




“Na minha vida atlante, eu tinha muito conhecimento e fui criada para ser uma ‘Guardiã do Cristal”, uma sacerdotisa, se você gosta (é a explicação mais próxima que resume a minha posição)”. Meu trabalho nesta cúpula é proteger e trabalhar com o cristal. Eu sou muito forte em espírito – eu sei e isso é uma parte importante do trabalho que faço. Os outros guardadores ‘também são mulheres, exceto um homem, que é muito espiritual e sábio. Ele também é nosso protetor. Meu cabelo é longo e loiro. É entrelaçado com tranças de ouro, bem como era nos templos gregos. É empilhado e fluindo pelas minhas costas em cachos. Eu tenho meu cabelo feito pela artista de cabelos, como são chamados.



Faz parte da nossa rotina diária para ter o cabelo feito. Parte da nossa filosofia é “O corpo é um templo para a alma”, temos de respeitá-lo. Isto significa que higiene e limpeza são da maior prioridade. Eu uso um vestido longo, branco, transparente e cruzado na frente, e amarrado na cintura com um cinto de ouro. Os homens usam tanto vestimentas longas ou curtas, alguns tops e outros não – é tudo do mesmo material branco transparente.



É como se fosse o nosso uniforme, mas, neste momento, ele não é classificado como tal, mas temos sim um sentimento de realização ao usar estas roupas. Uma medida de nossa maturidade e espiritualidade. Existem outras cores usadas do mesmo material transparente, mas são as cores usadas por pessoas que necessitam de cura. Esta em grande medida, relacionado com o chakra especial, que estava fora de equilíbrio, e a cor que é necessária para este efeito de cura. Não tenho marido. Em geral, nós não temos casamentos neste momento, enquanto somos sacerdotes. Se você quis se comprometer com certa pessoa, uma cerimônia de união é realizada pelo casal. Não havia nenhuma vinculação jurídica ou de execução sobre este acordo.




A união estava em uma base puramente espiritual. A atividade sexual era muito ativa, e que nos mantinham em forma e saudáveis. Eu escolhi um parceiro com quem eu ia dormir, pelo seu amor, espiritualidade e magnetismo. O sexo era uma parte importante da vida neste momento. Foi tão importante como comer ou dormir. Isso fazia parte de “ser completo”, e que não declinava com o avanço da idade física e vivíamos para mais de 200 anos de idade. Outros tiveram relações sexuais com animais, seres parte humana – parte animal, como um corpo de cavalo com cabeça de um homem, e um pênis muito grande. Foram nesses dias que poderiam fazer experiências com coisas do tipo transplante com sucesso e houve muitos que fizeram isso para fins sexuais.



Tinha havido em tempos anteriores uma união em equilíbrio com os animais e a natureza, mas alguns tinham esquecido isto, e sua prioridade agora era o prazer sexual. Aqueles espiritualmente conscientes sabiam que isso iria causar um desequilíbrio na nossa sociedade, e havia um medo de que já não seria possível um retorno à normalidade, mas pouco se fez sobre isso. Isto foi em grande parte por causa da forte convicção de que temos liberdade de escolha, e um indivíduo não poderia interferir com a escolha dos outros em relação ao crescimento espiritual. Aquelas pessoas que escolhem os animais para práticas sexuais, desta maneira, estavam fora do equilíbrio espiritual e foram considerados totalmente imaturos.




Ilustração de Lloyd K. Townsend de como seria Atlântida



Gostaria de compartilhar meus pensamentos na meditação, com os meus amigos, e com os golfinhos. Eu me encontrava com os golfinhos para me aconselhar. Eles moravam em um lugar bonito, especialmente construído com grandes canais para conectá-los ao mar. Estes canais estendidos em uma área de um grande lago em que se podia nadar e brincar durante o dia. Eles retornariam para o mar à noite. Os golfinhos entravam e saiam de acordo com sua própria vontade. Havia passagens gigantescas levando você para a água da área do lago. Pilares foram colocados em cada lado dessas passagens.



Este era um símbolo de que esse era um lugar muito especial. Os golfinhos eram nossos confidentes e conselheiros. Eles eram muito inteligentes, e uma fonte de equilíbrio em nossa sociedade.



Havia apenas um pequeno número de pessoas que procuravam ouvir a grande sabedoria dos golfinhos. Eu gostava de nadar com eles, o curso deles, jogar com eles, e ouvir os seus conselhos. Eles falavam comigo telepaticamente. Sua energia me vitalizava e me fortalecia. Eu podia viajar pelo pensamento. Por exemplo, se eu queria estar em um local à milhas de distância, Eu fechava os olhos e me concentrava nesse local. Ocorria um ligeiro zumbido, e gostaria de abrir os olhos e estar lá. Meu lugar preferido era estar com os Unicórnios. 



Eles pastavam em áreas como cavalos. Sim, eles tinham unicórnios! Como os Golfinhos, nós nos comunicávamos telepaticamente. No entanto, suas mentes eram muito simples em comparação com a mente humana. Gostaríamos de trocar idéias como: “Eu gostaria de uma carona”. “O unicórnio poderia responder” sim “, e gostaríamos de montar imediatamente, com os cabelos voando ao vento. Eram animais incrivelmente calmos, serenos e dignos.




Nunca magoavam ninguém, nunca emitiam um mau pensamento ou sentimento negativo, mesmo quando desafiados. Disseram-me pelo espírito, que quando o mundo retornar a um estado de equilíbrio e harmonia, e os homens puderem amar e aceitar outra parte da vida sem julgamentos, que os Unicórnios retornarão. Havia grandes campos de flores e ervas no bairro Nordeste de Atlântida. Estes campos tinham aromas sutis que eu gostava de sentar e meditar em meio ao perfume, o cheiro era muito delicado. Flores foram amplamente utilizadas e plantadas. Por exemplo, canteiros de flores azuis e brancas eram plantadas juntas. Era não só visualmente atraente, mas essencial para o efeito vibracional. Estes campos eram atendidos por pessoas altamente treinadas e experientes.



Os herbalistas cuidavam das flores e ervas desde a germinação da semente, a colheita e da extração das essências. Pouquíssimos que realizavam este trabalho tinham baixas posições no ranking em nosso ambiente de trabalho. Não importa quão mundano um emprego pode ter sido, cada pessoa era considerada vital para a nossa sociedade. Respeito e valorização da capacidade do outro era uma parte natural da nossa integração.



Fruteiros, os que plantavam vegetais e legumes, também moravam no bairro Nordeste. Muitos eram botânicos, nutricionistas e outros especialistas em alimentos. Eles abasteciam a totalidade de nossa civilização. A maior parte dos homens foi designada para o trabalho físico, como jardins e construção.Este trabalho mantinha-nos em boas condições físicas. Havia poucos homens com capacidade espiritual, mas de novo, uma vez mais, dependia de trabalharem o seu próprio crescimento espiritual.



Considerava-se mais benéfico para os homens fazer trabalhos físicos, uma vez que forneciam um balanço para o lado emocional. A raiva e a frustração eram mais bem dirigidas de uma forma construtiva. Também os corpos dos homens eram projetados para o trabalho físico, e sua genética provava isso. Como sempre, havia exceções a esta regra, ou seja: às vezes surgia um macho feminino e/ou uma fêmea masculina, então finalmente eram Os sábios que iriam dirigir a essas pessoas para as melhores áreas em que teriam excelência em seu desempenho.




Era essencial que todas as pessoas cumprissem o seu caminho espiritual e as funções a que se propuseram a realizar. Toda a vida na Atlântida tinha uma integração invisível com harmonia entre todos os reinos – plantas, minerais, animais e vegetais. Todos tinham um papel a desempenhar, e todos sabiam que sua contribuição era essencial para o funcionamento global da nossa civilização. Não havia nenhum sistema monetário onde existisse dinheiro em Atlântida, apenas sistema de comércio.



Nós não levávamos bolsas ou chaves ou qualquer coisa dessa natureza. Houve pouca cobiça ou ciúme, só o poder da mente tinha preponderância. Não é à toa que tantas pessoas acham difícil trabalhar neste mundo atual, do século XXI. O impulso em nosso mundo de hoje é para somente termos mais, para ter uma agradável casa, um carro maior, um emprego que pague mais. É triste. A importância de ser financeiramente abundante se tornou mais importante do que a satisfação de nosso próprio trabalho, e a valorização de outra habilidade como o desenvolvimento espiritual que ficou em último plano.



Tínhamos aeronaves não diferentes dos discos voadores. Elas decolavam e pousavam em movimento circular, em conjugação com as correntes de ar geradas pelas energias do campo magnético. Estes veículos eram geralmente utilizados para viagens mais longas. Para as viagens mais curtas, uma forma de scooter que poderia levar duas pessoas era utilizada. Eles tinham um motor tipo hovercraft e também trabalhavam com campos de energia magnética, como as aeronaves que voavam no espaço. As mercadorias e todos os produtos, como alimentos, utensílios domésticos, ou quaisquer objetos grandes eram transportadas da mesma forma por grandes veículos conhecidos como “Sub-Bers”.



Atlântida foi uma enorme civilização, usávamos as naves de comunicação que traziam as notícias de todas as áreas. Muitas destas informações eram recebidas telepaticamente por seres específicos chamados de “Os Sábios”. Eles tinham poderes especiais de recepção, eram telepatas naturais, não muito diferente de uma estação de recepção e transmissão de satélite. Eles eram muito precisos, e seu trabalho era simplesmente sentarem-se e receberem as informações recebidas de outros quadrantes. O grande cristal com quem trabalhei, também foi utilizado desta forma.




A CURA



Não havia nenhuma doença grave nesta civilização. O método de cura utilizado abrangeu muito dos métodos de cura que usamos hoje separadamente. Cristais, cromoterapia, música, aromas e ervas eram combinados para terem efeito de um método de cura completo.. O centro de cura era um lugar de muitos quartos. Assim que você entrasse pela porta, uma cor seria registrada na parede. Você teria que se dirigir para uma sala especial para a cura seletiva. Nessa primeira sala, os assistentes altamente treinados com amplo conhecimento em muitas áreas de cura iriam pegar as vibrações em seu corpo.



Eles, então, traduziam as informações encontradas para a sala de cura. Nesta sala, você iria deitar-se sobre uma laje de granito, enquanto outros assistentes iriam arranjar as fórmulas adequadas a serem utilizados para a sua cura. A sala então era preenchida com música de cura, e os cristais adequados seriam colocados acima de você. Um aroma de incenso suavemente impregnava o ambiente da sala e a cor viria por último. Você, então, pediria para meditar, permitindo que a energia de cura de todos os elementos pudesse fazer efeito.



Eram importantes que todos os sentidos fossem curados – os seus olhos com a cor, o olfato com o aroma de ervas, seus ouvidos com a música suave e bonita, e por último, a boca com água pura (você tinha que beber uma longa taça de água quando você voltava de seu estado meditativo). A energia era muito forte. Parecia como um raio se movendo para cima e para baixo em seu corpo. Todos os sentidos eram preenchidos e acelerados. As técnicas de cura sempre integravam os campos magnéticos e etéreos, bem como os reinos físicos e mentais.



AS CRIANÇAS



Para os bebês no útero eram dada voz de sons, músicas e ensinamentos espirituais de nosso tempo. Esta foi à formação de base para esperar os pais, que eram ajudados e guiados pelos Sábios durante toda a gravidez. A partir do momento do nascimento, os bebês eram alimentados e amados por seus pais em seus lares. Eles eram levados para maternidades especiais durante as horas de luz para ouvir música, as vibrações das cores e histórias de pensamentos positivos e filosóficos.



Todas as áreas possuíam centros de nutrição para crianças, que lhes ensinavam como se tornar seres espirituais. Para abrir suas mentes e permitir que os seus corpos trabalhassem juntos como um só. Os Sábios desempenharam um importante papel nesta fase de desenvolvimento da criança, e sua ocupação era considerada uma das mais altas posições na sociedade atlante. Este estágio era geralmente designado quando você atingia a idade de 60 a 120 anos, dependendo do seu crescimento espiritual. Isso era algo para ser desejado.




Esquema do que seria Poseidonis a capital da civilização de Atlântida antes de seu afundamento final em torno de 10.980 a.C.



O APRENDIZADO



A partir dos 3 anos de idade, as crianças eram ensinadas em todas as áreas da aprendizagem. A aprendizagem era ensinada em grandes edifícios. Não havia sinais externos que demonstrassem isto, as escolas eram conhecidas por um arco-íris colorido que estava na frente do prédio. Esse era efetivamente o ‘sinal’ para dizer Centro de Estudos. Nós gostávamos principalmente de assistir aulas com o método áudio-visual. Isto era feito deitado ou sentado em posição confortável de modo que a coluna não era colocada sob qualquer pressão.



Outro método envolvia a mediação sempre que os olhos fossem cobertos com uma máscara de olhos com cores que eram projetadas. Este método visual de ensino foi muito eficaz quando em estado meditativo. Fitas gravadas também eram reproduzidas através de fones de ouvido proporcionando aprendizado subliminar. Com um corpo e mente relaxada, o conhecimento era passado diretamente para a parte receptiva do cérebro, onde era mais bem absorvido. Este foi um dos métodos mais eficazes de aprendizagem, uma vez que eliminava todas as distrações. Os Sábios vigiavam e avaliavam os progressos e, em particular orientavam as crianças de modo que seus talentos particulares emergiriam. Isto assegurava que todos tivessem uma oportunidade igual de desenvolverem o seu potencial plenamente.



Os pensamentos positivos e as vibrações eram partes importantes desse aprendizado. Isto permitia a alma à atingir seu potencial mais elevado. Quanto maior a vibração do corpo e da mente, quanto maior a vibração da alma. Quanto mais a sua mente interior é positiva, mais ela irá refletir sua mente exterior ou ser consciente. Quando os dois estão em sintonia – Isso gera um mundo positivo. Aqueles que não mantiveram isso têm caído na ganância e na disputa pelo poder. O poder de controlar as mentes dos outros foi uma forma bárbara (praticado em nossa civilização atual) de controlar a vida em Atlântida – o que era proibido. Em nossos livros de história, era-nos dito que éramos inseguros.




As qualidades de nossos antepassados bárbaros ainda afetavam geneticamente a nossa sociedade, naquele momento, ou seja, alguns ainda escolhendo experiências com animais. No entanto havia as leis espirituais que proibiam interferir na vida do outro. Apesar do fato de que sabíamos dos perigos que esta atitude gerava para a nossa sociedade, não poderíamos interferir ou impor qualquer punição, porque era responsabilidade de cada indivíduo fazer suas escolhas para o progresso de sua própria alma. Em nossa sociedade, havia o propósito do inseguro de se tornar seguro. Essa filosofia era boa, e era a única em seu tempo – era a nossa proteção.



As últimas horas do último dia na época da minha vida, o mundo da Atlântida tal como o conhecia, foi o final de uma era. Alguns de nós sabíamos disso, mas a maioria optou por ignorá-lo, ou não estavam interessados. Os elementos físicos tornaram-se fora de equilíbrio. A tecnologia era muito avançada. Por exemplo, o ar era purificado e a temperatura regulada por nós. A tecnologia tinha começado a ficar tão avançada, que havíamos iniciado a mudar os elementos do ar e da água. Isso foi o que eventualmente causou a erupção de Atlântida. Os quatro elementos – ar, água, fogo e terra são os fundamentos mais básicos e estáveis do nosso planeta.



Uma tentativa de combinar ou alterar qualquer um desses elementos é contra a Lei Divina. Aqueles nos domínios científicos que viveram e trabalharam no bairro ocidental da Atlântida, sucumbiram ao seu eu inferior, e consideravam que o “controle” sobre os elementos como ter o poder e glória. Isto nós sabemos agora, como a queda final. Eles consideravam-se acima do homem, e tentaram brincar de Deus, tentando controlar os elementos básicos da terra. As profecias do “último dia” foram amplamente veiculadas. No entanto a sua causa, só era conhecida pelo Sábios, e aqueles de nós que se dedicavam nos caminhos de evolução espiritual restrito. O fim da nossa civilização foi causado por poucos! Foi dito na profecia que “a terra se levantaria e reuniria o seu povo”.




A nova terra ressuscitaria, para começar novamente a grande luta. Poucas pessoas iriam sobreviver, e elas serão espalhadas nesta nova terra para contar os contos de Atlântida, para que possamos aprender de novo… aprender com os erros.” Os golfinhos tinham-nos dito que o “último dia” estava se aproximando e nós sabíamos que esse tempo estava chegando mais perto, já que não tinha mais sido vistos por pelo menos duas semanas. Disseram-nos que eles estavam indo para um lugar seguro, e eles iriam cuidar dos cristais, até o momento certo para que sejam encontrados novamente.



Eles nos disseram que poderíamos viajar com segurança para o Ocidente. Muitas pessoas saíram em busca dessas novas terras. Alguns foram para o Egipto, outros saíram em barcos meses antes do “último dia” e com segurança chegaram em terras novas e relativamente desconhecidas. Essas terras não eram parte de nossa civilização, e, portanto, não estavam sob nossa proteção.



Muitas pessoas estavam angustiadas por terem deixado o nosso ambiente positivo e seguro. Os exploradores de Atlântida haviam sido muito poucos por causa disto. No entanto, os poucos que tinham viajado para terras “estranhas”, haviam retornado em segurança. Isso nos deu pelo menos algum conhecimento seguro da vida e dos países que existiam além da Atlântida (n.t. A principal civilização concorrente de Atlântida era Bharata (também o nome de um irmão de Rama), hoje a ÍNDIA).



Optei por ficar para me certificar de que o cristal de energia permaneceria intacto até o fim. Este foi o cristal que impulsionou e ajudou no desenvolvimento das cidades. Ele foi protegido por uma bolha transparente de material desconhecido nas últimas semanas. Talvez um dia ele também irá ser recuperado e usado novamente para um bom propósito. Quando ele for descoberto irá provar a existência da antiga civilização atlante, e lançar luz sobre muitos outros mistérios que assombra a humanidade atual durante muitos séculos.




Ruínas ciclópicas encontradas nos últimos anos no Mar do Caribe (região das Bermudas) atestam que uma grande civilização existiu em um remoto passado da história da Terra naquele local.



Lembro-me do dia mais longo, o último dia, a última hora… A terra dobrada, houve vários terremotos, erupções vulcânicas, incêndios. Houve uma enorme mudança nas placas tectônicas da Terra (astrônomos podem verificar isso com um alinhamento planetário especial que aconteceu naquele tempo – em torno de 10.986 a.C.). Como a terra cedeu, a atitude das pessoas na Cúpula de Cristal foi de aceitação. Estávamos calmos.



O deslocamento do edifício parecia mover-se para cima e para baixo. Foi derrubado e destruído. Eu fui puxada para cima na borda de uma cratera por um homem, e ajudamo-nos um ao outro. Eu esperava que minha morte fosse rápida. Os céus ficaram completamente escuros e nublados e eu podia ver a terra e o fogo dos vulcões em erupção jorrando para a atmosfera. A fumaça encheu a cúpula, sufocando nós dois.



Eu apaguei, e a próxima coisa que eu sabia era que eu estava flutuando em felicidade, até a luz, pois havia abandonado o corpo. Eu olhei para baixo para ver o afundamento do terreno. A água do oceano cobrindo tudo e consumindo tudo no seu caminho. Algumas pessoas corriam sem direção, apenas para serem tragadas pela água ou caírem em buracos de fogo que se abriam na superfície do terreno.



O som dos gritos ainda está comigo. O borbulhar da terra em fogo e da água era como um pote gigante de água fervente, a terra sendo engolida pelo mar como um animal faminto devorando a presa. Agora é o tempo para entender e aprender com os erros desta civilização atlante do passado. Para ter o conhecimento que temos aprendido e aplicá-lo para o nosso futuro. Estamos caminhando para o mesmo fim, muito semelhante a destes dias novamente em nossa civilização atual.


Imensas pirâmides de cristal foram descobertas na área do Triângulo das Bermudas. 


O que aprendemos com o passado? Teremos ido longe demais em nossa loucura atual? O que devemos fazer para colocar o mundo de volta em equilíbrio? Temos de encontrar nosso verdadeiro eu, (Eu Superior, interno) e estar em nosso equilíbrio interior e exterior. Para se tornar mais espiritual, e elevar a vibração de nossa alma.



Isso deve ser aprendido, se queremos nos comunicar com outras civilizações no nosso Universo e além. A necessidade de controlar e julgar os outros deixarão de ser importantes, e nós nos tornaremos verdadeiramente iguais com todos os outros seres. Quando chegarmos a esse entendimento, vamos viver no amor e na paz. Quando tivermos harmonia dentro de nós, é que viveremos em harmonia com todos os outros.



“Que a luz do Grande Espírito brilhe dentro de você, e esse amor eterno seja sua força vital“ Ingrid Bennett



{n.t. Nos registros de um antiquíssimo Templo budista em Lhasa, no TIBETE, há para ser visto uma antiga inscrição caldeia de cerca de 2.000 anos a.C. (ou mais antiga ainda…) onde se pode ler: 



“Quando a estrela Baal caiu sobre o lugar onde agora é só mar e céu, as sete cidades com suas portas de ouro e seus templos transparentes tremeram e balançaram como as folhas de uma árvore na tempestade. E eis que um dilúvio de fogo e fumaça surgiu a partir dos palácios, a agonia e os gritos da multidão preencheram o ar. Eles procuraram refúgio em seus templos e cidadelas e o sábio Mu, o hierático sacerdote de Ra-Mu, se levantou e lhes disse:



“Será que eu não previ tudo isso”?



E as mulheres e os homens em suas roupas brilhantes e pedras preciosas se lamentavam:



“Mu, salve-nos.”



E Mu respondeu:




“Vocês morrerão junto com os seus escravos e suas riquezas materiais e de suas cinzas surgirão novas nações. E se eles também se esquecerem que são superiores, não por causa do que eles usam ou possuem, mas do ( bem e a Luz) que eles colocarem para fora de si mesmos, a mesma sorte vai cair sobre eles!“



As chamas e o fumo sufocaram as palavras de Mu. A terra das sete cidades e a grande cidade das portas douradas, e seus habitantes foram despedaçados e engolidos para as profundezas do oceano revolto em poucos dias”.}



“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”. – Mateus 7:13,14


Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo. Mateus 7:15-19


“Quem anda com os sábios será sábio; mas o companheiro dos tolos sofre MUITA aflição”– Provérbios 13, 20



“Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes” – 1 Coríntios 15, 33



Saiba mais, leitura adicional:




Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.


FANTÁSTICA LINHA FÉRREA LIGA A CHINA A LONDRES - 12 MIL KM


China inaugura Trem de transportes com 12 mil km até Londres
Posted by Thoth3126 on 08/12/2017

Um trem com blocos com 200 contêineres saiu da Estação Ferroviária Oeste de Yiwu, na província de Zhejiang, na China, numa segunda-feira, dia 2 de janeiro. Seu destino não era perto de Xangai, Pequim, ou mesmo a cidade em expansão de Chengdu, no oeste, mas Barking – um bairro de Londres. Este trem, carregado com roupas, sacos e utensílios domésticos, fez a jornada de 12 mil quilômetros em 16 dias e simbolicamente inaugurou uma nova etapa nas relações comerciais entre a China e o Reino Unido.
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch
Trens são os novos pandas: o impacto real que a nova linha ferroviária China-Reino Unido terá na economia
Fonte: https://www.forbes.com/ – Por Wade Shepard

Esta nova rota ferroviária, que atravessará o Cazaquistão, uma parte da Rússia, da Bielorrússia e de vários países da UE antes de entrar no Reino Unido através do túnel do canal da Mancha, faz parte de uma rede em rápido crescimento que agora é composta por 39 linhas ferroviárias que ligam diretamente 16 cidades da China com 15 cidades na Europa.

Ronald Kleijwegt, diretor da equipe de logística da HP, começou a procurar uma maneira melhor de enviar os componentes eletrônicos e elétricos que sua empresa estava fabricando em Chongqing, região Central da China para a Europa no final dos anos 2000. Em 2012, ele teve os kinks funcionou e começou a oferecer o primeiro serviço direto de transporte ferroviário regular China-Europa, que ligou Chongqing com Duisburg na Alemanha. A partir deste ponto, uma verdadeira rede rapidamente começou a surgir, com novas linhas ligando cidades como Chengdu, Suzhou, Lianyungang, Wuhan, Xiamen, Zhengzhou e Yiwu com Lodz, Varsóvia, Madri, Hamburgo e Lyon na França.

Londres torna-se a 15ª cidade europeia a ser ligada à emergente rede ferroviária transeuropeia desde a China (Foto por VCG / VCG via Getty Images)

Os fundamentos econômicos deste serviço ferroviário transeuropeu e transasiático são sólidos: esses trens permitiram que os fabricantes e transitários conseguissem transportar seus produtos entre a China e a Europa em menos da metade do tempo do transporte marítimo e por uma fração do custo do transporte aéreo. Embora esses trens não sejam uma forma viável de transporte para todos os tipos de produtos, eles preenchem um vazio no mercado de produtos de alto valor que precisam ser transportados o mais rápido possível, como eletrônicos, itens de moda, peças de automóveis, máquinas pesadas, produtos agrícolas de primeira qualidade e carnes frescas.

Embora esses trens diretos trans-euro-asiáticos tenham sido inicialmente desenvolvidos por entidades comerciais puramente por razões econômicas, eles logo assumiram uma dimensão geopolítica própria. Em 2013, a China anunciou a sua iniciativa One Belt and One Road {China’s Belt and Road Initiative, também conhecida como The Silk Road Economic Belt and the 21st-century Maritime Silk Road-O Cinturão Econômico da Rota da Seda e a Rota da Seda Marítima do Século XXI}, que prometeu mais de um trilhão de dólares de investimentos para reforçar o desenvolvimento da infra-estrutura de transporte, energia e comércio do oeste da China para o leste da Europa, e o estabelecimento dessas linhas ferroviárias logo se tornou sua vanguarda – o que é atestado pelo fato de que toda a rede é subsidiada pelo governo chinês.

Este plano ambicioso era orientar a participação da China no projeto da Nova Estrada de Seda preexistente. A partir do final da década de 1990, os países pós-soviéticos da Ásia Central e do Cáucaso começaram a procurar novas formas de aumentar a sua relevância internacional, bem como o crescimento das suas economias em dificuldades, e muitos encontraram inspiração nas interações românticas da sua história, quando eram vibrantes Hubs ao longo da Rota da Seda.

Hoje, a recriação desta antiga rede de comércio tornou-se um dos maiores desenvolvimentos infra-estruturais, econômicos, políticos e de integração de povos que acontecem no mundo. Os países da massa terrestre euro-asiática, do leste da China para o oeste da Europa, estão sendo gradualmente reunidos em um mercado contíguo que abrange 60 países e 60% da população, 75% dos recursos energéticos e 60% do PIB no mundo.E onde há cooperação, comércio e contatos entre diferentes povos e culturas, a guerra e a destruição são mantidos longe do horizonte imediato.

Yiwu, uma cidade de cerca de 1,2 milhão de pessoas que provavelmente é mais conhecida como o lugar onde uma enorme porção de decorações de Natal do mundo é produzida esta agora diretamente ligada por trem para Barking, um bairro de Londres que é provavelmente mais conhecido como o pior lugar para se viver Em todo o Reino Unido. Trata-se de uma rota comercial cujo impacto se estenderá muito além de apenas ser um mecanismo para o envio de uma quantidade relativamente pequena de mercadorias. Este não é apenas um vínculo físico, mas sim conceitual, que une a China e o Reino Unido através dos países da Ásia Central, da Rússia e Europa continental. Em essência, é parte do trabalho de base de soft power em que podem ser construídas mais parcerias de investimento, em que todos os participantes ganham.

Projeto das duas principais rotas, a terrestre e a marítima.

Com a posição futura do Reino Unido com a UE com incertezas devido ao Brexit, um paradigma potencialmente novo para as relações internacionais da nação insular está se revelando gradualmente. E à direita na sugestão, a China estava em sua entrada. Ao longo dos países da Nova Rota da Seda, a China vem demonstrando a extraordinária capacidade de preencher vazios econômicos e diplomáticos onde quer que eles surjam. Aparentemente, assim que um país tiver uma ruptura diplomática com um poder político maior, a China dá passos em oferecer apoio econômico, político e, ocasionalmente, militar para compensar a diferença.

Quando os EUA e a UE penalizou a Rússia com sanções econômicas em 2014 por causa dos conflitos na Ucrânia e da Criméia, a China estava lá com ofertas de investimento – que incluiu uma oferta de US$ 15 bilhões para construir uma linha ferroviária de alta velocidade entre Moscou e Kazan – o estabelecimento de um rede eletrônica de pagamento interconectada China-Rússia, uma melhor sinergia entre a Eurasian Economic Union da Rússia e da iniciativa One Belt and One Road da China, bem como uma maior cooperação nas indústrias, como a aeroespacial, na área da ciência e nas finanças.

Quando o Sri Lanka foi criado sob a acusação de crimes de guerra e os EUA desligou seu fluxo de ajuda e a UE se recusou a rever suas concessões comerciais preferenciais na segunda metade da década de 2000, o país simplesmente fez uma reviravolta e se alinhou de vez com a China. O resultado foi uma onda de investimentos de projetos de infraestrutura em grande escala, que incluiu um novo porto de águas profundas, um terminal de contêineres, um aeroporto internacional uma série de novas rodovias, um distrito financeiro enorme significado que irá rivalizar com Cingapura e Dubai, e potencialmente uma nova zona industrial com cerca de 15.000 acres. E quando os EUA supostamente negou ajuda às Filipinas o presidente Duterte, enquanto contava suas piadas embaraçosas contra Obama, a China foi para quem ele correu buscando ajuda. 



Caravanas de camelos no coração de um deserto da antiga ROTA da SEDA na província de Gansu. O projeto Discovering the Beauty of Silk Road convida fotógrafos a explorar a paisagem do oeste da China. [Foto de Hu You / China Daily]O Reino Unido não é diferente. O rompimento do país com a UE foi um convite para que a China fizesse seus esforços para se envolver econômica e politicamente – algo que o Reino Unido pode precisar mais do que seu pretendente do Leste Asiático. Como disse Kerry Brown em The Diplomat em outubro:




“Em primeiro lugar, porque, como o Reino Unido corre o risco de alienar o seu comércio chave e aliados econômicos no mercado comum europeu, a necessidade de abrir novas áreas de alto crescimento, como que aumenta com a China. A opção, no passado, de tratar a China como um controle remoto, perspectiva mais distante está retrocedendo. De repente, todas as grandes promessas no passado de negociação com Pequim em uma maneira nova e ampliada tem que se tornar realidade muito mais rápido do que nunca antes fosse esperado. 



O Brexit fará com que o Reino Unido seja um parceiro mais fraco com a China, e dependente e vulnerável. É um resultado lamentável. E a atitude mais provável que acabará por prevalecer em Pequim não será respeito, ou mesmo malícia para com o Reino Unido. Os chineses têm maior peixe para fritar. Será mais como pena esporádica, com o flashback ocasional para memórias de uma época em que o Reino Unido importava – um resultado desanimador para um país que, até tempos recentes, foi influente, respeitado e muitas vezes admirado na China apesar de sua história complexa.”

Planos já estão em andamento no Reino Unido para os grandes projetos de desenvolvimento liderados pelos chineses, incluindo a usina nuclear de Hinkley, potencialmente, um novo distrito financeiro de $ 2,12 bilhões Asian localizado na área da doca velha East End de Londres, e algo chamado o projeto Spire Londres, que busca erguer o edifício residencial mais alto da Europa, em Canary Wharf. De acordo com a CBRE Group Inc., as empresas chinesas investiram cerca de US$ 5 bilhões em Londres em compra de propriedades em 2016 – um valor recorde – e Londres está em processo de se tornar um dos maiores centros de comércio RMB no mundo. Enquanto as empresas chinesas podem mover-se gradualmente a sua sede europeia do Reino Unido para a UE, um Reino Unido mais independente está procurando ser muito atraente para os investidores chineses, o que poderia, em última instância resultar em estreitamento dos laços econômicos, de acordo com Angela Stanzel do Conselho Europeu de Relações Exteriores .

Embora esta nova rota ferroviária direta a partir de Yiwu para Londres irá fornecer uma nova maneira eficaz, de menor custo e eficiente para enviar produtos de um lado da Eurásia para o outro, o seu verdadeiro benefício será encontrado na relação conceitual que ela estabelece entre a China e o REINO UNIDO e todos os demais povos da Ásia. Os grandes comboios de trens tornaram-se os novos pandas na diplomacia chinesa.


I’m the author of Ghost Cities of China. I’m currently traveling the New Silk Road doing research for a new book. Follow by RSS.


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

sábado, 9 de dezembro de 2017

PESADO EMBATE ENTRE TRUMP E A CIA - QUEM SAIRÁ VENCEDOR - LEIA O ARTIGO ABAIXO QUE APOSTA EM TRUMP

“Espasmos de Morte” da C.I.A. reverberam através do Globo, após ataque frontal de Trump

Posted by Thoth3126 on 09/12/2017

Os “Espasmos de Morte” da C.I.A. reverberam através do Globo na medida em que o presidente Trump vai lutar “até à morte” contra o Governo – Deep State – Oculto que controla e manipula os EUA à décadas. O presidente Trump se cercou ao assumir o cargo com dois dos principais generais da Marinha dos EUA que criticaram a CIA por se tornar o maior cartel das drogas no mundo – (à esquerda) o General James ” Mad Dog ” Mattis e o general John Kelly (à direita).

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

Donald Trump e seus generais cães de guarda atacam frontalmente o Deep State ao enfrentar e começar o desmonte do maior cartel de drogas do planeta: a agência de Inteligência C.I.A. !
Por: Sorcha Faal – Fonte: http://www.whatdoesitmean.com/
Um intrigante relatório do Serviço de Inteligência Estrangeira ( SVR ) que circula no Kremlin hoje está alertando que os ” espasmos da morte ” atualmente experimentados pela Agência Central de Inteligência (CIA) estão começando a reverberar em todo o mundo enquanto o presidente Donald Trump promete lutar “até à morte” contra essa enorme e corrupta organização de inteligência americana pelo seu planejamento para privatizar suas principais funções. [ Nota: algumas palavras e / ou frases que aparecem em citações neste relatório são aproximações em inglês de palavras / frases russas sem contrapartida exata.]


De acordo com este relatório, os analistas de inteligência de SVR observaram já há algum tempo que o presidente Trump se cercou ao assumir o cargo com dois dos principais generais da Marinha dos EUA que criticaram a CIA por se tornar o maior cartel da droga no mundo – o General James “Mad – cachorro louco – Dog“Mattis e o general John Kelly – que apresentou um confronto iminente entre o governo de Trump e a CIA – e cujo pináculo foi alcançado há quinze dias (18 de novembro), quando a 26 ª Unidade Expedicionária Marinha fez uma invasão surpresa no Edifício da sede principal da CIA em Langley, Virgínia.

A partir das informações obtidas pela 26ª Unidade Expedicionária da Marinha durante a sua incursão surpresa de 18 de novembro na CIA, que esta detalhado neste relatório, o presidente Trump, em 20 de Novembro, foi capaz de desencadear um ataque usando F-22 Raptor Stealth Fighter contra um dos principais laboratórios no Afeganistão de produção de ópio e heroína – e foi essa a primeira vez na história, que este temido avião de guerra secreto, que não pode ser detectado pelo radar, já foi implantado no Iraque ou no Afeganistão – mas era necessário que a CIA percebesse que este ataque seria feito para perceber a disposição de Trump de ir até às últimas consequências contra a cabala que controla a maior agência de inteligência do país, em uma clara demonstração de força sobre quem manda no país. 


Outras informações em documentos obtidas pela 26ª Unidade Expedicionária Marinha durante a incursão na sede da CIA, este relatório continua, permitiu ao presidente Trump informar a Turquia da cumplicidade dessa agência de inteligência na tentativa de golpe de estado de 2016 na Tquele país e isso foi liderado pelo antigo Chefe do Oriente Médio da CIA Graham Fuller – e que a Turquia, e há apenas algumas horas, emitiu uma sentença de mandado internacional contra ele.

Das informações mais surpreendentes descobertas pela 26ª Unidade Expedicionária da Marinha durante seu ataque da CIA, no entanto, este relatório observa, foi a obtenção de uma lista detalhada das “unidades (mercenários) terroristas” islâmicas sunitas que estão sendo financiadas pela CIA para realizar ataques no Irã e que o presidente Trump ordenou ao diretor da CIA, Mike Pompeo, que fornecesse imediatamente ao major-general Qasem Soleimani – que comanda sua força de inteligência Quds (versão do Irã da CIA ) – e com analistas do SVR que acrescentam que a resposta do general Soleimani ao recebimento desta informação do diretor Pompeo da CIA não era nada mais do que um “teatro político” – e que foi citado como dizendo:

O chefe da CIA através de um dos seus intermediários na região enviou uma carta ao General Soleimani, mas ele respondeu: “Não aceito sua carta, nem vou lê-la. Não tenho nada a ver com essas pessoas”.


Os fatos importantes a serem observados sobre os dois generais dos fuzileiros navais da Marinha dos EUA que estão liderando e apoiando a guerra do presidente Trump contra a CIA , este relatório do SRV explica, são:

O general Kelly (que é o chefe de gabinete de Trump ), em 2010, perdeu seu amado filho ( o primeiro-tenente dos navios dos EUA, Robert Kelly ) que foi morto na província de Helmond , no Afeganistão, mas depois descobriu-se que esta região de alto crescimento e processamento de ópio estava sendo protegida pela CIA.

O General “Mad Dog” Mattis (Secretário de Defesa de Trump ), em 2001, ficou alarmado quando uma “guerra de facção” da CIA explodiu no Afeganistão sobre quem iria controlar esse comércio de opio global e que, em 5 de dezembro, entrou em erupção no derramamento de sangue quando um comboio da CIA contendo o rei da droga afegão, Hamid Karzai (que a CIA instalou como o presidente afegão) e seu senhor da droga, seu irmão Ahmed Wali Karzai (que estava na folha de pagamento da CIA ) foi atingido por uma bomba inteligente dos EUA – mas esse Mad Dog “Mattis se recusou a ajudar quando ele soube quem eram esses”defensores“de comboios.


Os militares do exército dos Estados Unidos estavam sendo pagos pela CIA- e com isso só no ano passado, as forças leais ao presidente Trump vazaram como essas tropas de elite dos Green Berets (Boinas Verdes) estavam, de fato, trabalhando para o cartel de drogas da CIA

Com o presidente Trump sendo conhecido por sua intolerância para as drogas e o álcool, e seus bilhões de dólares de riqueza pessoal assim tornando-se incorruptível, este relatório continua, tanto o General “Mad Dog” Mattis como o General Kelly se determinaram para ajudá-lo a se tornarem os americanos na liderança para destruir o cartel das drogas controlado pela CIA – após Trump ganhar sua eleição, viu que ambos entraram em um “pacto secreto” para proteger Trump a todo custo, mas que a mídia de propaganda grosseiramente distorceu esses “pactos secretos” em sua total importância e significado.

Enquanto os “espasmos da morte” da CIA estão reverberando em todo o mundo hoje, este relatório detalha, o presidente Trump e os seus generais da US Marine Corps General “Mad Dog” Mattis e John Kelly estão “indo para matar” contra este enorme cartel de drogas, que mesmo o México está agora avisando também os controladores de seu comércio de drogas, para quem planejava terceirizar as operações secretas da CIA e os esforços de contra-inteligência em “países hostis” para uma empresa privada de ex-oficiais de inteligência dos EUA

Protegendo a CIA, em lado oposto ao governo de Trump e seus generais no entanto, este relatório observa, esta o poderoso governo oculto dos EUA, o “Deep State” – que convocou essa organização de inteligência a se juntar com suas igualmente poderosas gigantes tecnológicas do Silicon Valley – sobretudo a Amazon Inc. – cujo principal proprietário, Jeff Bezos, controla uma vasta empresa de entretenimento que protege o mais vil dos predadores sexuais de Hollywood (o produtor judeu Khazar Harvey Weinstein), enquanto ao mesmo tempo, sua empresa de mídia e propaganda de “notícias falsas” anti Trump do Washington Post bombardeia ataques desfechados por hora contra o presidente Trump – e que, em 2013, ele concordou em comprar (o WP) em troca do regime de Obama, dando-lhe um contrato de US$ 600 milhões para construir uma infra-estrutura de nuvem para a CIA

Com a criação da infraestrutura de nuvem “Região Secreta” recentemente anunciada da Amazon teria implicações “deslumbrantes” para a CIA – especialmente porque poderá esconder a verdade de que o movimento TheResistance contra o presidente Trump é uma frente da CIA – observa esse relatório, é o aspecto mais horrível que é o acompanhamento para o uso do Amazon Sumerian Project, no que é uma tentativa flagrante de atrair milhões de pessoas desavisadas para se tornarem acólitos da antiga e satânica religião suméria, praticada por muitos da elite dos EUA.

Um dos especialistas mais conhecedores da América sobre a antiga religião suméria satânica e suas práticas modernas pela CIA e outros globalistas da elite, conclui o relatório, é um ex – oficial do Exército dos EUA chamado Tom Cotton – que há muito avisa sobre a corrupção do sangue com o seu apelo à detenção de terroristas não só “controlados” da CIA, mas também de suas famílias – e quem agora é o membro mais novo do Senado dos EUA – e a quem o presidente Trump pode logo fazer como novo diretor da CIA para destruir este corrupto e satânico cartel de drogas da CIA de uma vez e para todo o sempre. 

Sobre os controladores do sistema, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.